Uso de decanter centrífugo para tratamento de efluentes

No processo de produção de papel, o produto final somente obtém a sua estrutura uniforme através da suspensão da celulose com água. Desta forma, a indústria papeleira precisa ter à disposição muito do recurso hídrico para ter um papel perfeito.
E essa necessidade, que é uma verdadeira dependência, se repete em todo o processo, tanto no tratamento de fibras primárias como também na recuperação de papel usado, o que gera um grande volume de efluentes.
Para a redução de custos e substâncias poluentes o indicado é o uso de um decanter para a recuperação desses finos de celulose e polpa.
Em diversos clientes da Fast, nesse setor, o decanter centrífugo está instalado para recuperação de matéria-prima. Antes, os finos de celulose saiam da prensa desaguadora, indo para o sistema de tratamento de efluentes, e não eram aproveitados. Agora, com o uso desse equipamento, é possível retirar uma polpa mais concentrada e esse sólido é recuperado como pasta.

O que a Fast tem a oferecer:

O Decanter Centrífugo Fast é o único do mercado nacional totalmente automatizado. Ele é adequado para separação sólido/líquido de produtos que contém duas fases de pesos específicos diferentes, desempenhando um trabalho contínuo, ininterrupto e totalmente controlado, através de um quadro de comando equipado por uma moderna IHM e CLP.
O Decanter Centrífugo Fast tem grande emprego em adensamento e desidratação de lodos, separação de misturas e recuperação de substâncias processadas.
O CLP do equipamento gerencia os seguintes parâmetros da máquina:

  • Bomba de alimentação;
  • Rotação do motor e do caracol;
  • Relação de rotação entre o caracol e o cilindro;
  • Equalização da capacidade produtiva da máquina com o nível de sólidos totais do produto a ser centrifugado a partir da corrente do motor principal,
  • modulando o inversor de frequência da bomba de alimentação;
  • O diagnóstico acusa falhas no CLP;
  • Diferencial adequado de rotação entre o tambor e o caracol (rosca transportadora) para o produto a ser processado;
  • Acionamento através de motor elétrico controlado por inversor de frequência, atenuando os picos de corrente e tensão na partida, possibilitando
  • controle de RPM e proteção do equipamento contra sobrecargas mecânicas, além de economia de energia.

 

 

Vantagens:

  • Controle da porcentagem de umidade do produto sólido e de finos no produto líquido;
  • Proteção eletrônica e mecânica contra excesso de alimentação e contra sobrecarga;
  • Removedor automático de produto sólido;
  • Melhor custo X benefício;
  • Menor potência instalada;
  • Economia de energia elétrica;
  • Sistema de limpeza automática do equipamento incorporado no painel elétrico;
  • Painel elétrico construído sobre normas rígidas de segurança;
  • Equipamento robusto e com baixo índice de manutenção;
  • Máquina 100% nacional.

 

Opcionais:

Fast-Drive:
  • Sistema de diferencial automático controlado pelo torque da rosca transportadora (não necessita intervenção mecânica);
  • Sistema de diferencial selecionado pelo operador no CLP (não necessita intervenção mecânica);
  • Sistema de recuperação de energia. Alta eficiência e maior economia de energia.
 
Demais opcionais:
  • Caracol revestido com pastilhas de tungstênio;
  • Tambor em Duplex, AISI 304, 316 e 316L;
  • Caixas redutoras: planetárias e cicloidais compactas.